A conta oficial da Netflix no Twitter publicou hoje (16) a decisão de remover a cena de suicídio da primeira temporada de 13 Reasons Why.

“Nós ouvimos de muitos jovens que 13 Reasons Why os encorajou a começar a conversar sobre assuntos difíceis, como depressão e suicídio, e receberam ajuda – muitas vezes, pela primeira vez. Enquanto nos preparamos para o lançamento da terceira temporada, estivemos pensando sobre o debate em torno da série. Então, aconselhados por médicos especialistas, como a Dra. Christine Moutier, diretora médica da Fundação Americana de Prevenção ao Suicídio, nós decidimos, junto com o criador Brian Yorkey e os produtores de 13 Reasons Why, a editar a cena em que Hannah tira sua própria vida na primeira temporada.”

Inicialmente, o criador da série, Brian Yorkey, defendia que a cena polêmica iria retratar a “realidade feia e dolorosa”, garantindo que “ninguém jamais desejaria imitá-la”. Porém, após ouvir o conselho da Dra. Moutier e outros profissionais, Yorkey concordou com a Netflix em editar a cena.

“Nenhuma cena é mais importante do que a vida da série e sua mensagem é que devemos cuidar melhor uns dos outros. Acreditamos que essa edição ajudará a série a fazer o melhor para a maioria das pessoas, ao mesmo tempo em que atenua qualquer risco para espectadores jovens especialmente vulneráveis.” – via TV Line.

De acordo com um estudo feito na época, a taxa de suicídio entre jovens de 10 a 17 anos aumentou em 30% em abril de 2017, um mês após o lançamento da série.

As duas primeiras temporadas de 13 Reasons Why estão disponíveis na Netflix. A terceira temporada foi confirmada, mas ainda não há previsão de lançamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui