Alita: Anjo de Combate está em cartaz nos cinemas! – leia nossas críticas aqui e aqui – A adaptação do mangá de Yukito Kishiro segue os eventos do material fonte com bastante fidelidade, mas é claro que algumas mudanças foram precisas ser feitas em relação ao original. Por exemplo, enquanto o mangá divide sua história em arcos, o longa de Robert Rodriguez mistura os acontecimentos e até inverte a ordem de alguns. Além disso, a versão para os cinemas é mais parecida com o OVA (Original Video Animation) de 1993.

Nesta lista vamos destacar as principais diferenças entre o filme e o mangá:

1O título da obra

No Japão as pessoas não conhecem o mangá como Alita: Anjo de Combate (ou Alita: Battle Angel). Lá, ele foi lançado no final de 1990 com o nome Gunnm. Este título é pronunciado como Gun-Mu e pode ser traduzido como “Arma dos Sonhos”. O nome Alita: Battle Angel só passou a existir quando o mangá chegou nos EUA. Aqui no Brasil, ele foi lançado com esse mesmo título, publicado pela editora Opera Graphica. Em 2003, a JBC lançou uma nova versão chamada Gunnm – Hyper Future Vision com 18 edições. E em 2017 ele foi relançado como Battle​ ​Angel​ ​Alita​ ​–​ ​Gunnm​ ​Hyper​ ​Future​ ​Vision, reunindo as histórias em quatro volumes.

2O nome da protagonista

Além de chegar nos EUA com um novo título, a protagonista da história também recebeu um novo nome: Alita. No original, ela é chamada de Gally. Para os cinemas, a origem deste nome também sofreu uma alteração: enquanto no filme o Dr. Ido dá à ciborgue o nome de sua filha falecida, no mangá este era o nome de seu gato morto.

3A cidade

Enquanto no filme a história se passa em um lugar chamado Cidade de Ferro, no original o nome foi traduzido como Sucatópole. A ideia é a mesma, mas foi uma boa adaptação. Enquanto isso, Salem, a cidade suspensa, ficou como no original.

4O corpo da protagonista

Outra mudança que o filme decidiu fazer para uma trama mais coesa e dramática está na origem do primeiro corpo que Alita recebeu. Na produção de Hollywood, ele pertencia à filha de Ido, já no mangá o doutor apenas pegou partes de corpos de ciborgues que estava caçando.

5Violência

Como é possível notar, o mangá de Alita é muito mais violento que o filme. Enquanto no original é possível ver cérebros voando e mutilações, o longa recebeu classificação PG-13 nos EUA.

6Gonzu

No mangá de Alita, o Dr. Ido conta com um ajudante chamado Gonzu. Já no filme, sua versão é a enfermeira Gerhad, interpretada por Idara Victor. Porém, diferente do original, ela ganha pouquíssimo destaque na trama.

7Armadura Berserker

A armadura Berserker de Alita é a responsável por uma grande mudança na personagem, onde ela passa a ter uma aparência mais madura, assim como se torna mais forte e ganha novas habilidades. Porém, a origem dela é diferente se compararmos filme e mangá. Enquanto no longa Alita a encontra em uma nave no fundo do mar, no original ela estava esse tempo todo com o Dr. Ido.

8Grewishka

Outro personagem que sofreu alterações é Grewishka, interpretado por Jackie Earle Haley. Em relação ao mangá, sua versão se aproxima de Makaku, o primeiro desafio de Alita, que recebe um background maior. Isso fica ainda mais evidente em momentos como o confronto no Submundo. Porém, o personagem foi inspirado em sua versão do OVA, chamado de Grewcica.

9Discurso no bar

Em um momento do filme, Alita vai até um bar com Hugo onde encontra outros guerreiros-caçadores. É lá que ela faz um discurso motivacional pedindo ajuda para enfrentar Grewishka, que chega logo em seguida no local. Porém, no mangá quem vai até lá pedir ajuda é o Dr. Ido. Inclusive, ele está em uma cadeira de rodas após o primeiro confronto com o vilão.

10O Cachorro

Outra diferença que podemos notar nesta cena é o cachorro que acompanha Alita. No filme, ele é morto por Grewishka e Alita usa seu sangue para fazer uma marca em seu rosto. Já no mangá, esse cachorro ajuda Alita a resgatar um bebê que foi sequestrado por Makaku (Grewishka, no filme). Inclusive, no original, o sangue que ela usa para marcar o rosto é do próprio vilão.

11Koyomi

Aqui vai uma curiosidade: sabe o bebê que mencionei anteriormente, que foi sequestrado por Makaku? Era a Koyomi! No filme, ela já está mais velha e é interpretada por Lana Condor, sendo uma das amigas de Hugo.

12Hugo

O interesse amoroso de Alita conta com um arco semelhante no mangá, mas com uma pequena diferença em seu nome: Yugo. Enquanto no filme os dois se apaixonam, no mangá é Alita quem se apaixona por ele a princípio. Além disso, no original o personagem conta com um background mais explorado, incluindo seu passado com o irmão mais velho.

13O coração

Sabe aquela cena do filme em que Alita prova seu amor para Hugo lhe oferendo o coração? No mangá isso é feito em um contexto diferente. A cena acontece no volume 3 da versão digital, quando ela desafia Jashugan para uma queda de braço e aposta seu coração. Nada romântico.

14Jashugan

Sua participação foi bem rápida, então talvez você não tenha notado, mas Jai Courtney está no filme como Jashugan, o campeão do Motorball. No mangá, ele ganha mais destaque no Volume 3 da versão digital, quando enfrenta Alita no esporte. Ele ganhará mais destaque em uma possível sequência.

15Motorball

Outra diferença sobre o esporte está na forma como ele é apresentado. No filme, Alita chega a jogar com Hugo e seus amigos uma versão “de rua” do Motorball, assim como conta com a ajuda do Dr. Ido para projetar sua armadura na competição oficial. Já no mangá, Alita apenas participa do esporte após a morte de Hugo/Yugo. Além disso, ela foge de casa e não conta com a ajuda de Ido no original.

16Chiren

A personagem interpretada por Jennifer Connelly não existe no mangá original. A ex-parceira de Ido em Zalem foi apresentada apenas em um OVA de Alita, lançado em 1993. Com isso, algumas situações seguem a animação e não o mangá. Por exemplo, enquanto no mangá Alita tem a ideia de conectar seu corpo na cabeça de Yugo para mantê-lo vivo, no filme e no OVA é Chiren que a ajuda.

17Vector

Você esperava mais da participação de Mahershala Ali como Vector? Pois no mangá ele tem um papel ainda menor. No Volume 2 da versão digital, ele aparece como um chefe do mercado negro que controla o mercado de partes ilegais. A aparência do personagem foi mantida, assim como sua promessa de levar Yugo/Hugo para Salém, mas ele não morre no fim deste arco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui