Durante o Heroes & Villains FanFest, o ator Ray Fisher explicou porque considera arriscado fazer um filme solo do Ciborgue. A produção do longa foi paralisada, devido o baixo resultado nas bilheterias de Liga da Justiça – via ComicBook:

“Eu não sei. Não posso comentar sobre isso, pois não me falam nada até o último minuto. Existem várias pessoas tomando essa decisão nos bastidores. E seria um filme muito, muito caro para fazer, por conta do alto nível de CGI com o Ciborgue, pois sou o único membro da Liga que não tem um uniforme comum. Deve ser algo de US$ 200 milhões para fazer esse filme. Então, é uma daquelas coisas que você tem que levar em consideração”.

Ciborgue ainda é incerto nos planos da Warner e não se sabe quando Fisher voltará a viver o personagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui