Os vencedores da 76ª edição do Festival de Veneza foram anunciados neste sábado (7), e o filme do Coringa, dirigido por Todd Phillips, foi o grande vitorioso da noite, tendo levado o Leão de Ouro – a maior honraria do evento. Entre os destaques, também teve o novo longa de Roman Polanski, J’Accuse, que ganhou o Grande Prêmio do Júri (presidido pela cineasta argentina Lucrecia Martel). Já o troféu de melhor direção foi para o sueco Roy Andersson, pelo longa About Endlessness.

O filme Babenco – Alguém tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, da brasileira Bárbara Paz, também está entre os reconhecidos, tendo recebido o prêmio de melhor documentário sobre cinema da mostra Clássicos. Ele já tinha conquistado o prêmio da crítica independente. A produção é sobre Hector Babenco, falecido diretor argentino naturalizado brasileiro, que foi casado com a cineasta e atriz.

Outro brasileiro premiado no festival foi Ricardo Laganaro, pela experiência em realidade virtual A Linha.

Confira a lista completa de vencedores do evento:

Leão de Ouro

Coringa, de Todd Phillips

Grande Prêmio do Júri

J’Accuse, de Roman Polanski

Leão de Prata (Melhor Diretor)

Roy Andersson, por About Endlessness

Melhor Ator

Luca Marinelli, por Martin Eden

Melhor Atriz

Ariane Ascaride, por Gloria Mundi

Melhor Roteiro

No. 7 Cherry Lane, de Yonfan

Prêmio Especial do Júri

La Mafia Non E Più Quello Di Una Volta, de Franco Moresco

Prêmio Marcello Mastorianni de Melhor Revelação

Toby Wallace, por Babyteeth

Mostra Orizzonti

Melhor Filme

Atlantis, de Valentyn Vasyanovych

Melhor Diretor

Theo Court, por Blanco En Blanco

Prêmio Especial do Júri

Verdict, de Raymund Ribay Guttierez

Melhor Ator

Sami Bouajila, por A Son

Melhor Atriz

Marta Nieto, por Madre

Melhor Roteiro

Jessica Palud, por Revenir

Melhor Curta-Metragem

Darling, de Saim Sadiq

Leão do Futuro – Prêmio Luigi de Laurentiis de Melhor Estreia

You Will Die At 21, de Amjiad Abu Alala

Realidade Virtual

Melhor Realidade Virtual

The Key, de Céline Tricart

Melhor Experiência em Realidade Virtual

A Linha, de Ricardo Laganaro

Melhor História em Realidade Virtual 

Daughters Of Chibok, de Joel Kachi Benson

Mostra Clássicos

Melhor Documentário sobre Cinema

Babenco – Alguém tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, de Bárbara Paz

Melhor Restauração

Êxtase, de Gustav Machaty

A 76ª edição do Festival de Veneza começou no dia 28 de agosto e acaba hoje, 7 de setembro. Coringa estreia em 3 de outubro nos cinemas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui