A edição deste ano do Festival do Rio divulgou todos os filmes e projetos que farão parte da programação. Como sempre, o evento vai manter sua tradição e garante à cidade e ao seu público fiel uma seleção compacta de cerca de 100 filmes estrangeiros, com os grandes highlights do ano e os filmes mais esperados da próxima temporada. Longas para os cinéfilos e para todos os públicos, e ainda uma enorme janela das produções brasileiras na Première Brasil.

No release, foi reforçado que este é “Um ano diferente com o Festival do Rio em dezembro. Um ano em que o Festival existe pelo apoio dos muitos colaboradores, apoiadores, produtores e amigos do mundo todo”. O público vai ter a oportunidade de conferir longas estrangeiros e brasileiros, descobrir raridades, participar de debates, sessões especiais e palestras e oficinas no RioMarket.

O Adoráveis Mulheres, de Greta Gerwig, será o filme de abertura no Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro. Entre os grandes destaques, com sessões únicas, o elogiado O Escândalo, de Jay Roach; o misterioso O Farol, de Robert Eggers; e a comédia Jojo Rabbit, de Taika Waititi, vencedora do Festival de Toronto. Já sobre os brasileiros, Três Verões, de Sandra Kogut, e Veneza, de Miguel Falabella, chamam a atenção.

Veja os maiores destaques:

PANORAMA

O Escândalo (Bombshell), de Jay Roach
Você Não Estava Aqui (Sorry We Missed You), de Ken Loach
Jojo Rabbit (Jojo Rabbit), de Taika Waititi
Judy (Judy), de Rupert Goold
Uma mulher extraordinária (Nur eine Frau), de Sherry Hormann
Frankie (Frankie), de Ira Sachs
Diego Maradona (Diego Maradona), de Asif Kapadia
O jovem Ahmed (Le jeune Ahmed), de Jean-Pierre Dardenne, Luc Dardenne
Wasp Network (Wasp Network), de Olivier Assayas
Uma Vida Oculta (A Hidden Life), de Terrence Malick
O caso Richard Jewell (Richard Jewell), de Clint Eastwood
Luta por Justiça (Just Mercy), de Destin Daniel Cretton
Nômade: seguindo os passos de Bruce Chatwin (Nomad: In the Footsteps of Bruce Chatwin), de Werner Herzog
Family Romance, LTDA (Family Romance, LLC), de Werner Herzog
State Funeral (State Funeral), de Sergei Loznitsa
A interrupção (Ang hupa), de Lav Diaz
Tommaso (Tommaso), de Abel Ferrara
Matthias & Maxime (Matthias et Maxime), de Xavier Dolan
Um Lindo Dia na Vizinhança (A Beautiful Day in the Neighborhood), de Marielle Heller
Late Night (Late Night), de Nisha Ganatra
Honey Boy (Honey Boy), de Alma Har’el
O Farol (The Lighthouse), de Robert Eggers
O Paraíso Deve Ser Aqui (It Must Be Heaven), de Elia Suleiman
Quarto 212 (Chambre 212), de Christophe Honoré
Retrato de uma jovem em chamas (Portrait de la jeune fille en feu), de Céline Sciamma
Os miseráveis (Les misérables), de Ladj Ly
Synonymes (Synonymes), de Nadav Lapid
Technoboss (Technoboss), de João Nicolau
Vivendo e sabendo que se está vivo (Être vivant et le savoir), de Alain Cavalier
Sibyl (Sibyl), de Justine Triet
Martin Eden (Martin Eden), de Pietro Marcello
Zombi Child (Zombi Child), de Bertrand Bonello
Vitalina Varela (Vitalina Varela), de Pedro Costa
Antologia da cidade fantasma (Répertoire des villes disparues), de Denis Côté
Little Joe (Little Joe), de Jessica Hausner
Doidos de Pedra, de Luiz Eduardo Ozório
Família de Axé, de Tetê Moraes
A virgem de agosto (La virgen de agosto), de Jonás Trueba
A Batalha das Correntes (The Current War), de Alfonso Gomez-Rejon
Doce entardecer na Toscana (Dolce Fine Giornata), de Jacek Borcuch
Deus existe e seu nome é Petúnia (Gospod postoi, imeto i’ e Petrunija), de Teona Strugar Mitevska
Mentira nada inocente (White Lie), de Yonah Lewis, Calvin Thomas
O último amor de Casanova (Dernier amour), de Benoît Jacquot
O chão sob meus pés (Der Boden unter den Füßen), de Marie Kreutzer
Persona non grata, de Roschdy Zem
A garota da pulseira (La fille au bracelet), de Stéphane Demoustier
Os olhos de Cabul (Les hirondelles de Kaboul), de Zabou Breitman, Eléa Gobbé-Mévellec
Madre (Madre), de Rodrigo Sorogoyen
Testemunha invisível (Il testimone invisibile), de Stefano Mordini
Aspromonte – terra dos esquecidos (Aspromonte – La terra degli ultimi), de Mimmo Calopresti
Skin (Skin), de Guy Nattiv
Amundsen, o explorador (Amundsen), de Espen Sandberg

APRESENTAÇÕES ESPECIAIS

No quarto de Vanda (In Vanda’s Room), de Pedro Costa
Hienas (Hyenes), de Djibril Diop Mambéty
Touki Bouki, de Djibril Diop Mambety
Star Wars – A Ascensão Skywalker, de J.J. Abrams
Star Wars: O Despertar da Força, de J.J. Abrams
Star Wars: Os Últimos Jedi, de Rian Johnson

A lista completa está disponível no site oficial. Os projetos participantes da Première Brasil já foi publicado no site – clique aqui para conferir.

A 21ª edição do Festival do Rio acontecerá entre os dias 9 e 19 de dezembro, em diversos cinemas do Rio de Janeiro. Para mais informações, acesse o site oficial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui