O primeiro trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa foi divulgado exclusivamente no painel da Sony, na CCXP 2018 – que teve a presença surpresa de Tom Holland, Jacob Batalon e Jake Gyllenhaal, que interpretará o vilão Mysterio. Leia a descrição completa, divulgada pelo Omelete:

“O trailer começa com Peter Parker se organizando para ir em uma viagem com amigos pela Europa – ele não quer levar seu traje de Homem-Aranha, apesar da Tia May ficar insistindo. Acontece que, após o De Volta ao Lar, o herói tornou-se uma espécie de celebridade local, e May passou a “agenciá-lo”, por isso seu envolvimento nas decisões do Teioso.

O plano é que Peter e seus amigos da escola façam uma Eurotrip, passando por vários países da Europa, como Inglaterra, Itália e mais. O problema é que o continente está sendo atacado por uma série de vilões elementais – como o Homem-Hídrico, feito inteiramente de água.

Parker e Ned chegam em um quarto de hotel meia boca quando, de repente, Ned é atingido no pescoço por um dardo. A câmera vira e revela Nick Fury sentado no canto do quarto, que vira para Parker e diz: “Finalmente nós nos conhecemos.”

Fury terá parte importante no longa: ele recruta Parker para combater os vilões ameaçando a Europa. Como o garoto deixou o uniforme nos Estados Unidos, ele entrega uma roupa nova – o traje furtivo que era mostrado nos bastidores. Enquanto o trailer não deixa isso claro, Holland confirmou na live do Omelete que foi Fury que criou a roupa – utilizando tecido brasileiro!

Outro que recebe ajuda de Fury é o Mysterio, vilão vivido por Jake Gyllenhaal. Na trama, o personagem será um herói apoiado pela SHIELD, que também fabricou sua roupa – que é mostrada no trailer. Isso terá importância para a trama, afinal o vídeo termina com o Mysterio enfrentando os vilões elementais.”

O trailer deve ser liberado online na próxima semana. Abaixo, você confere uma foto do painel com o elenco reunido:


Homem-Aranha: Longe de Casa tem estreia prevista para 4 de julho de 2019. Jon Watts retorna na direção e o roteiro será, mais uma vez, de John Francis Daley e Jonathan Goldstein.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui