Como de costume, aconteceu ontem (23), na véspera do Oscar, a entrega dos Independent Spirit Awards. A premiação voltada para o cinema independente foi apresentada pela atriz Aubrey Plaza (Legion), que fez brincou com o fato da cerimônia da Academia não ter apresentador neste ano.

Quanto aos indicados, o filme Se a Rua Beale Falasse, de Barry Jenkins, foi o grande vencedor da noite, com 3 vitórias (incluindo na categoria de Melhor Filme). First Reformed, de Paul Schrader, também se destacou com a vitória de Ethan Hawke na categoria Melhor Ator. Na de Melhor Atriz, a favorita ao Oscar Glenn Close se sobressaiu, também pelo seu papel em A Esposa.

Outros indicados à premiação da Academia, como Roma, Poderia Me Perdoar?, A Favorita e Infiltrado na Klan também marcaram presença. O filme de Alfonso Cuarón ganhou na categoria internacional, enquanto o longa de Marielle Heller foi vitorioso nas categorias Melhor Ator Coadjuvante (para o indicado ao Oscar Richard E. Grant) e Melhor Roteiro.

A produção brasileira Sócrates também foi um dos destaques da premiação, com o seu diretor Alex Moratto ganhando o prêmio Someone to Watch (“Alguém para observar, em tradução livre), voltado para artistas recém-descobertos.

Confira a lista completa de vencedores:

Melhor Filme:

Eighth Grade

First Reformed

Se a Rua Beale Falasse

Sem Rastros

Você Nunca Esteve Realmente Aqui

Melhor Primeiro Filme:

Hereditário

O Conto

Sorry to Bother You

We The Animals

Wildlife

Melhor Primeiro Filme:

Hereditário

Sorry to Bother You

The Tale

We The Animals

Wildlife

Melhor Diretor:

Barry Jenkins (Se a Rua Beale Falasse)

– Debra Granik (Sem Rastros)

– Lynne Ramsay (Você Nunca Esteve Realmente Aqui)

– Paul Schrader (First Reformed)

– Tamara Jenkins (Mais Uma Chance)

Melhor Ator:

– Christian Malheiros (Sócrates)

– Daveed Diggs (Ponto Cego)

Ethan Hawke (First Reformed)

– Joaquin Phoenix (Você Nunca Esteve Realmente Aqui)

– John Cho (Buscando…)

Melhor Atriz:

– Carey Mulligan (Wildlife)

– Elsie Fisher (Eighth Grade)

Glenn Close (A Esposa)

– Helena Howard (A Madeline de Madeline)

– Regina Hall (Support the Girls)

– Toni Collette (Hereditário)

Melhor Ator Coadjuvante:

– Adam Driver (Infiltrado na Klan)

– John David Washington (Monsters and Men)

– Josh Hamilton (Eighth Grade)

– Raúl Castillo (We The Animals)

– Richard E. Grant (Poderia Me Perdoar?)

Melhor Atriz Coadjuvante:

– J. Smith-Cameron (Nancy)

– Kayli Carter (Mais Uma Chance)

Regina King (Se a Rua Beale Falasse)

– Thomasin Harcourt McKenzie (Sem Rastros)

– Tyne Daly (A Bread Factory)

Melhor Roteiro:

– Colette

– First Reformed

– Mais Uma Chance

Poderia Me Perdoar?

– Sorry to Bother You

Melhor Primeiro Roteiro:

– Blame

Eighth Grade

– Nancy

– O Conto

– Puro-Sangue

Melhor Edição:

– American Animals

– Mid90s

– O Conto

– Você Nunca Esteve Realmente Aqui

– We The Animals

Melhor Fotografia:

A Madeline de Madeline

Mandy

Suspiria

We The Animals

Wildlife

Melhor Filme Internacional:

Assunto de Família (Japão)

A Favorita (Reino Unido)

Em Chamas (Coréia do Sul)

Lazzaro Felice (Itália)

Roma (México)

Melhor Documentário:

Hale County This Morning, This Evening
Minding the Gap

– Of Fathers and Sons

– On Her Shoulders

– Shirkers

 Won’t You Be My Neighbor?

Prêmio Robert Altman (Melhor Elenco):

Suspiria

Prêmio Bonnie:

Debra Granik

– Karyn Kusama

– Tamara Jenkins

Prêmio John Cassavetes:

A Bread Factory

 En el Séptimo Día

– Never Goin’ Back

– Sócrates

– Thunder Road

Prêmio dos Produtores:

– Gabrielle Nadig

– Jonathan Duffy e Kelly Williams

– Shrihari Sathe

Prêmio Someone to Watch:

Alex Moratto (Sócrates)

– Ioana Uricaru (Lemonade)

– Jeremiah Zagar (We the Animals)

Prêmio Truer Than Fiction:

– Alexandria Bomback (On Her Shoulders)

Bing Liu (Minding the Gap)

– Ramell Ross (Hale County This Morning, This Evening)

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui