Finalmente chegamos em julho, trazendo diversos novos animes. Como fiz na temporada passada, irei indicar (ou não) alguns dos principais animes dessa temporada. Tivemos ideias bem diferentes, algumas executadas bem e outras não, além de uma boa diversidade de gêneros, podendo agradar a todos. Também fizemos uma lista com os animes mais bizarros dessa temporada.

Hina Logi – From Luck & Logic

Nota: 6.24*

Um dos animes fofos da temporada, esse deve agradar bastante os fãs de moe. Ele parte da mesma premissa que outros do gênero, com a protagonista entrando em uma escola. Aqui também se repetem as personalidades e clichês de personagens, como a garota séria ou a representante de classe. Outra característica que se repete aqui é o mascote fofo que acompanha a protagonista, como Kero em Sakura Card Captors (apesar deste não falar). Neste caso, as garotas são “incorporadas” por espíritos que a ajudam nas lutas, e como foi demonstrado nesse primeiro episódio, elas podem perder o controle, o que pode se tornar interessante no decorrer dos episódios.

Enmusubi no Youko-chan

Nota: 7.37*

Esse anime não deve ser levado a sério. Ele conta com lutas, uma personagem fofa, muitas reações exageradas e provavelmente um desenrolar de uma comédia romântica. Ele parece ter bastante coisa non-sense por conta das personalidades extravagantes, então é mais indicado se você está procurando uma comédia. Não teve nada que me chamasse atenção nele e não acredito que mude com o decorrer dos episódios, então não indicaria em meio a tantos outros animes que foram/estão sendo lançados.

Katsugeki/Touken Ranbu

Nota: 7.21*

Uma das primeiras grandes indicações da temporada. Além do anime contar com a qualidade do estúdio Ufotable, a história também é bem interessante. Em certos momentos me lembrou Drifters, mas com uma pegada menos séria e mais aventuresca. Se você gosta de viagens no tempo, ótimas cenas de ação e uma trama mais profunda que a habitual, acabou de encontrar o anime. Acredito que ele se destaque na temporada e se torne um dos principais do gênero. Espero não me decepcionar.

Kakegurui

Nota: 7.87*

Este anime se destaca por mostrar algo que vai além dos animes escolares comuns. A própria escola ganha uma dinâmica diferente com os jogos de apostas, que devem ser mais diversificados e complexos à medida que os episódios avançam. Os alunos são mais sádicos e loucos que o de costume, com destaque às suas expressões peculiares. Acredito ter um grande potencial, se popularizando nesta temporada. Ainda temos muitos personagens novos para serem apresentados e um possível arco de desenvolvimento do “cão de estimação da casa”.

Nota mental: Adicionar ele na lista do animes bizarros dessa temporada.

Knight’s & Magic

Nota: 7.35*

Mais um anime onde o personagem principal morre atropelado e reencarna em outro mundo. Pra mim ele já comete um erro por essa temática, que se repetiu diversas vezes, inclusive pelo excelente Re: Zero, e já está se tornando cansativa. A novidade pode estar no fato dele misturar robôs com magia, que não é algo tão comum de se ver. De qualquer forma, a história progrediu rápido demais, sem dar tempo de conhecermos direito os personagens ou entender melhor esse novo mundo. Ele precisa se esforçar muito para se destacar em meio a tantos animes

Keppeki Danshi! Aoyama-kun

Nota: 6.82*

Uma das comédias mais promissoras dessa temporada, principalmente por também trazer elementos de outro estilo, neste caso, o esporte. O anime parece também desenvolver as partidas de forma emocionante, como em outros do gênero, além de contar com um bom alívio cômico relacionado a fobia de germes do protagonista. Além disso, até mesmo a animação é superior à que estamos acostumados, com um bom uso do CG. Se você gosta de futebol ou comédia, Aoyama conta com os dois.

Fate/Apocrypha

vlcsnap-2017-07-09-17h22m24s729.png

Nota: 8.02*

Uma das estreias mais mornas até então, Fate teve um episódio muito expositivo, se preocupando em explicar as novas regras, onde terão o dobro de servos e duas equipes, além de apresentar os personagens principais. Tivemos uma prévia do que esperar das lutas, e mesmo não sendo produzido pelo Ufotable, ainda existe muita qualidade. Entre as principais diferenças está a ausência de Saber, substituída por Mordred, e a presença de personagens históricos, como Joana D’arc. Essa temporada aposta no sucesso de seus antecessores, por isso não se preocupou em trazer um ótimo primeiro episódio, mas ainda acredito que possa se destacar entre os demais animes.

Battle Girl High School

Nota: 5.36*

Fomos apresentados a mais um anime de mahou shoujo, com direito a transformações estilo Power Rangers e monstros de CGI. O que mais me chamou atenção foi o grande número de personagens principais, com personalidades e armas diferentes. Todas elas foram bem trabalhadas, e isso deve se manter, explorando o máximo de cada uma. Além disso, o episódio terminou com um bom gancho, apresentando MAIS UMA garota (como se já não tivesse personagens suficientes).

Youkai Apartment no Yuuga na Nichijou

Nota: 6.65*

Esse é um exemplo de “a idéia é boa, mas a execução é ruim”. O anime conta com um enorme potencial para criar histórias diferentes e explorar seus personagens peculiares, mas isso tem grandes chances de ser desperdiçado se continuar como esse primeiro episódio. Pela abertura, podemos ver que o elenco é bem diverso e amplo, além da ideia dos Youkais agregados à exorcista poder resultar em uma boa dinâmica. Veremos como se sai daqui pra frente.

Isekai Shokudou

Nota: 7.22*

Um anime que não faz muito meu estilo, então sou um pouco suspeito para falar sobre. Ele se destaca pela ideia, que é muito diferente de muita coisa que já vi, mas acho que a execução também não foi uma das melhores. Mesmo com as histórias que foram contadas, como a do dragão e da garçonete, achei o anime meio parado. Ele deve se basear nos personagens que visitam o restaurante para movimentar a trama, mas precisam fazer um esforço maior do que na estreia.

Koi to Uso

vlcsnap-2017-07-09-17h31m37s793.png

Nota: 7.58*

Um dos romances que mais se destacou nessa primeira semana, ele tem grandes chances de se popularizar nessa temporada. A premissa inicial é muito interessante, assim como todo o conceito explicado nos seus primeiros minutos. O casal principal tem muita química, protagonizando uma das cenas mais bonitas da temporada. O gancho para o próximo episódio também funcionou muito bem, deixando qualquer um ansioso para o desenrolar da trama.

New Game 2

Nota: 8.06*

Depois de uma ótima primeira temporada, New Game começou na mesma pegada de seu anterior, trazendo Aoba com o mesmo brilho no olhar para produzir jogos. Além de saber apresentar as personagens neste primeiro episódio, já sabemos um dos focos que serão discutidos, e acredito que o anime vai manter o mesmo nível de qualidade. Quem sabe seremos apresentados a novas personagens, mesmo que empresa não tenha contratado ninguém, seria algo interessante de se ver.

Aho Girl

Nota: 7.32*

Uma das minhas apostas de comédia dessa temporada, Aho Girl é um anime de 12 minutos que trouxe 4 histórias diferentes, representando uma otimização de tempo para a proposta. Já esperava algo parecido pelo seu Mangá ser 4-koma, e acredito ser o ideal para as situações que ele apresenta. A protagonista é bem diferente das garotas comuns de animes, sabendo lidar com várias personalidades e parodiando outros gêneros, mas sendo predominante sua idiotice e amor por bananas. Os outros personagens também ajudam na trama, principalmente o amigo da protagonista, que sempre se irrita com ela. Um anime curto, engraçado e que vale a pena acompanhar.

Tsurezure Children

Nota: 7.50*

Uma proposta interessante, focando em diversos casais diferentes e fugindo do que estamos acostumados. A forma como o anime explora as relações funciona bem, além de ter um tema específico para cada episódio, impedindo-o de cair na mesmice. Este primeiro, da confissão, mostrou as peculiaridades dos personagens de forma bem genuína, e também aproveitou as situações para ótimos alívios cômicos. Seu tempo reduzido pela metade também pode ser um fator positivo para aqueles que pretendem acompanha-lo, contando com quatro histórias curtas, assim como Aho Girl.

Nana Maru San Batsu

Nota: 6.91*

O anime dos nerds estreou. Mesmo sendo um tema que não seja de interesse de muitos, ele conseguiu chamar minha atenção. O que mais gostei foi como o anime tornou os jogos de quiz em algo tão emocionante, coisa que os japoneses sabem fazer muito bem. Além disso, é um anime que posso aprender alguma coisa interessante, então vale a pena assistir de qualquer forma. Ainda tem muitos personagens para aparecerem e provavelmente deve rolar algum torneio, o que só deixa as coisas mais legais.

Netsuzou Trap

Nota: 6.19*

Mais um anime curto da temporada e que me chamou atenção. Novamente, temos esse ponto positivo pelo tempo, que o torna mais fácil de acompanhar. A história basicamente foca em traição e yuri, gêneros que podem funcionar juntos e até atrair a atenção de curiosos, como no meu caso. Não sei até onde a história pode se desenvolver ou se vai ficar explorando “formas diferentes de trair”. O máximo que vejo acontecendo é os namorados descobrirem, mas isso só deve acontecer nos últimos capítulos.

Sayuuki Reload Blast

Nota: 7.14*

Um dos animes mais adultos e sangrentos da temporada até então (não que tenhamos muitos assim essa temporada), mas é um dos seinens que pode agradar os fãs do gênero. Mesmo assim, ele ainda conta com alívios cômicos, que funcionam da mesma forma que Drifters. A ideia dos quatro amigos que viajam juntos me lembrou a mecânica de Final Fantasy, e focar em Shangri-la, pelo menos nesse primeiro episódio, não é algo que acontece muito, tornando um diferencial para aqueles que estão cansados do mesmo.

*Notas tiradas do site MyAnimeList no dia 09/07/2017

Nossa Parte 2 com indicações dos animes de Julho/Verão de 2017 já está no ar.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui