O live-action de Mulan contará com muitas mudanças em relação à animação original, como a ausência dos personagens Mushu e Li Shang, interesse amoroso da protagonista. Em entrevista ao Collider, o produtor Jason Reed explicou que ele ainda estará presente, mas de forma diferente:

“Dividimos Li Shang em dois personagens. Um deles se tornou o comandante Tung (Donnie Yen), que serve como seu pai e mentor substituto no decorrer do filme. O outro é Honghui (Yoson An), que é igual a [Mulan] no esquadrão. Acho que, particularmente na época do movimento #MeToo, ter um oficial comandante que também é o interesse amoroso era muito desconfortável e não achamos apropriado.”

live-action de Mulan será dirigido por Niki Caro e escrito por Rick Jaffa e Amanda Silver. O longa é estrelado pela atriz chinesa Liu Yifei.

Mulan estreia no dia 26 de março de 2020, nos cinemas brasileiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui