Com o recente anúncio da CAPCOM de que Resident Evil 2 não é o único remake que ela tem em mente, resolvemos seguir a onda e criar uma lista dos jogos da empresa que mais gostaríamos de ver de cara nova. Seja um remake ou um remaster.

Lost Planet

Parece que foi ontem que ouvimos falar dessa franquia que surgiu na geração passada, no entanto, o primeiro Lost Planet foi lançado há 12 anos (2006) e sua última sequência fechou a trilogia há 5 anos (2013).

O título recebeu notas medianas, sendo considerado um bom jogo, mas com alguns designs e funções ruins e/ou complicadas. Mesmo assim, ele se destacou por sua função co-op totalmente integrada com a história de gameplay, sem perder a narrativa ou deixar o jogo muito fácil.

Talvez uma continuação da trilogia seja melhor que um remake. De qualquer forma, seria bom rever Lost Planet como uma opção de jogo nessa ou na próxima geração.

Onimusha

Enquanto fazíamos este post, foi divulgado o trailer do remaster do primeiro Onimusha, mas resolvemos deixá-lo aqui por ter sido uma franquia que marcou o PS2 e também porque ainda não sabemos se suas continuações serão remasterizadas.

O jogo ficou conhecido por misturar o estilo de câmera parada em terceira pessoa dos Resident Evil clássicos (também usada em Final Fantasy X) com uma mecânica de hack-n-slash, o que funcionou surpreendentemente bem e fez com que ele se destacasse. Em sua última sequência, Dawn of Dreams, a franquia impressionou mais uma vez usando 2 DVDs em um jogo só, o que era raro para os consoles.

Já sabemos que a CAPCOM não esqueceu de Onimusha, então vamos continuar na torcida para que toda a franquia de quase 20 anos volte à tona ainda nesta geração!

Dino Crisis

Também seguindo o estilo de Onimusha, há outro jogo no mesmo estilo de câmera parada em terceira pessoa que muitos gostariam de ver em HD, ou completamente refeito para os dias de hoje: Dino Crisis.

Lançado em 1999, esse “Resident Evil de dinossauro” rendeu duas continuações e dois spin-offs. Ele é considerado um clássico da empresa japonesa, surfando na onda criada por Jurassic Park, que revolucionou o cinema com seus efeitos especiais e dinossauros realistas.

Por mais que o estilo de gameplay não seja mais tão sedutor para a maior parte dos gamers, um remaster ainda seria válido para agradar os velhos fãs.

Ghosts N’ Goblins

Entrando agora no saudosismo, vamos falar de um jogo que “só aparece” em jogos crossover, ou melhor, apenas seu protagonista: Ghosts N’ Goblins.

As aventuras do cavaleiro Arthur em sua jornada para salvar a princesa Prin-Prin (ou Guinevere, dependendo da tradução) marcaram a década de 80 por ser um jogo de plataforma run-n-gun mais complexo, o que rendeu inúmeras participações especiais do personagem, como em Marvel VS Capcom.

Levando em consideração a quantidade de jogos indies que se inspiraram na franquia e de edições especiais do jogo, achamos correto afirmar que Ghosts N’ Goblins merece um remake aos moldes de Crash Spyro. Ou seja, refazer o jogo com o mesmo estilo de gameplay.

Mega Man

Obviamente que ele não ficaria fora desta lista. O mascote da CAPCOM, o nosso ciborgue/robô (depende da história) favorito: Mega Man.

Com mais jogos que nós podemos contar, Mega Man é uma das franquias da empresa que, mesmo com uma bela continuação anunciada, merece ser relembrada.

Mais do que um remakeMega Man merece um verdadeiro remaster (principalmente os dois primeiros jogos da série X) seguindo o mesmo caminho de Crash N’Sane Trilogy Spyro: The Reignited Trilogy. Com direito a conteúdo bônus (já que existem muito mais do que 3 jogos da franquia) e a possibilidade de jogar com outros personagens da história, como o famoso Zero.


E esses foram os jogos da CAPCOM que nós gostaríamos de ver como remakes ou remasters! Com certeza, alguns clássicos ficaram de fora, mas resolvemos falar apenas daqueles que nós já tivemos contato. O que você achou?

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui