Tom Hiddleston, intérprete do Loki nos filmes da Marvel Studios, revelou no ACE Comic Con que sabia do destino do personagem em Vingadores: Guerra Infinita, desde 2016. E que fez Thor: Ragnarok pensando nisso – via ComicBook. Confira:

“Então, eu conheço essa cena há dois anos. Eu tive um encontro com a Marvel em maio de 2016 e eles estavam me contando a história de Ragnarok com artes conceituais e imagens. Os irmãos Russo entraram, e me apresentei para eles. Então todos nós sentamos e eles explicaram como Guerra Infinita começaria.
Durante toda minha jornada em Thor: Ragnarok eu já sabia o que aconteceria. Ao fim do filme, Loki foi aceito novamente como irmão do Thor”
, disse Hiddleston.

O ator ainda falou da força e importância que a cena tem: “Quando eu cheguei para gravar a cena em Guerra Infinita, eu achei que foi muito poderoso ele dizer que é filho de Odin, e isso fechava a jornada de Loki e o que ele poderia fazer. A morte dele colocou uma emoção no filme, elevou o drama. Você sabe que Thanos é alguém mais perigoso do que qualquer outro que tínhamos visto antes”.

Vingadores: Guerra Infinita continua em cartaz nos cinemas. E Vingadores 4 tem estreia marcada para 2 de maio de 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui