De acordo com fontes do Hollywood Reporter, o diretor James Gunn está sendo procurado por vários executivos e produtores de grandes estúdios. E um deles é a Warner Bros.

Gunn não pode considerar outras ofertas até que a sua saída da Disney esteja finalizada. De acordo com fontes do site, as negociações com o estúdio estão se complicando porque ele não teria violado seu contrato, já que os tweets foram publicados antes dele assinar com o estúdio. Outro empecilho para a saída é o interesse da Disney em utilizar o roteiro de Gunn para Guardiões da Galáxia Vol. 3.

A demissão de James Gunn aconteceu após uma polêmica envolvendo tweets antigos do diretor, que envolviam piadas sobre estupro e pedofilia. Ele já se pronunciou sobre o caso, pedindo desculpas.

Guardiões da Galáxia Vol. 3 deve chegar em 2020 nos cinemas e segue sem diretor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui