Desde o anúncio de X-Men: Fênix Negra, muitos fãs ficaram em dúvida do motivo da Fox readaptar a saga nos cinemas, considerando a má recepção que O Confronto Final teve entre o público e crítica. Porém, de acordo com a Sophie Turner, podemos esperar algo bom vindo por aí.

Em entrevista ao Rolling Stone, a atriz foi questionada sobre o novo filme e afirmou que é a “‘Fênix Negra’ do jeito certo”. Bastante otimista, Turner ainda disse que “cada cena que fez foi uma mais intensa do que a outra”.

A atriz ainda revelou que sofreu por ter de interpretar a personagem título, ocasionando em problemas de saúde mental: “Definitivamente. Depressão, com certeza, ansiedade… Todas essas coisas. Eu ainda sinto isso, mas eu fiz terapia, estou tomando remédios e me sinto muito melhor. O fato de eu falar com alguém mudou minha vida.”

No novo filme, os X-Men encaram um dos vilões mais formidáveis e poderosos: uma das suas próprias integrantes, Jean Grey (Sophie Turner). Durante uma missão de resgate no espaço, Jean quase é morta quando atingida por uma misteriosa força cósmica. Uma vez que ela retorna para casa, essa força não só a faz muito mais poderosa, como também mais instável. Lutando contra essa entidade dentro dela, Jean utiliza todo o seu poder em formas que nem ela consegue compreender ou conter. Com Jean fora do controle, e machucando aqueles que ama, ela começa a desvendar os segredos que unem os X-Men. Agora, com essa família se despedaçando, eles precisam encontrar um jeito de se manterem unidos – não apenas para salvar a alma de Jean, mas também para salvar o planeta dos aliens que querem usar essa força como uma arma e comandar a galáxia.

X-Men: Fênix Negra tem estreia marcada para 7 de junho. A direção é de Simon Kinberg.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui