Se você é fã de jogos de luta como The King of FightersMortal Kombat ou Street Fighter, saiba que em breve o Brasil vai ter seu próprio representante neste mercado competitivo. Desenvolvido pela Onanim, Trajes Fatais promete trazer diversidade ao gênero, incluindo até mesmo personagens do nosso folclore. Conversamos com Jonathan Ferreira, produtor do estúdio responsável pelo jogo, e decidimos apresentar alguns motivos para deixar você no hype desde agora.

Nostalgia

Trajes Fatais conta com a proposta de ser um jogo de luta 2D desenhado em pixel art, remetendo aos jogos clássicos da época do fliperama e de consoles como Super Nintendo e Mega Drive. Aliado ao fator nostalgia, o game pode ser uma ótima experiência para quem curte o gênero ou um convite para aqueles menos familiarizados com o estilo de jogo.

Diversidade

lourenco_anime

Através de personagens como Lourenço, o Cangaceiro e Jurandir, o Saci, toda cultura e folclore do país estará presente no game. O Produtor da Onanim Studio, Jonathan Ferreira, contou que o foco do jogo não é contar apenas com personagens que remetessem às tradições brasileiras, mas também incluir muita diversidade, aproveitando a premissa da história, que se passa em uma festa a fantasia.

Prêmios

Antes mesmo de ser lançado oficialmente, a versão beta de Trajes Fatais já havia vencido algumas premiações. Em 2015, ele foi escolhido o Melhor Jogo por Juri Popular no SBGames 2015, o maior evento acadêmico da América Latina na área de Jogos e Entretenimento Digital. No ano seguinte, foi a vez dele ser exibido e testado na Brasil Game Show, onde foi premiado, pela Brazil Game Awards 2016 como Melhor Jogo Brasileiro.

Recepção Internacional

Os criadores do jogo estão com uma ótima expectativa não só com o público brasileiro, mas também com o mundo todo. Trajes Fatais já alcançou, inclusive, grandes nomes desse mercado de games. Entre eles estão Katsuhiro Harada, diretor da Namco Bandai Entertainment e conhecido pela franquia Tekken, e Nobuyuju Kuroki, diretor de arte do jogo The King of Fighters XIV.

Trilha Sonora

As músicas de abertura e encerramento do jogo serão cantadas por Ricardo Cruz e tocadas pela banda Miura Jam. Ricardo faz parte da banda japonesa JAM Project, responsável pela música de abertura do anime One Punch-Man, entre outras.

Sinopse Oficial

“A festa de aniversário de Nathy Clarimond acaba virando um grande evento na cidade de Apolínea do Sul. Afinal seu pai, Wagner Clarimond, prefeito e maior industrial da região pretende reunir seus potenciais eleitores atraídos pelo carisma da filha. Na enorme mansão a cidade inteira se reúne por uma noite, seguros atrás de suas máscaras, sem saber das intrigas, inimizades e conspirações que estão prestes a explodir…

Até que uma luz vinda do céu muda tudo.

Uma misteriosa entidade congela o tempo, cedendo a alguns participantes da festa o poder das fantasias que estão usando. Os escolhidos são obrigados a lutar entre si, competindo pela própria liberdade e pelo poder destinado ao vencedor. De onde veio e quais os motivos da entidade? O evento cósmico acaba trazendo à tona questões mal resolvidas que os convidados travavam em sua existência mundana.”

Até o momento, Trajes Fatais já conseguiu arrecadar R$ 100.000 no Catarse, superando a meta de R$ 80.000. Para poder apoiar o projeto, basta acessar catarse.me/trajes_fatais até o dia 31/03/2017.

O jogo será lançado no primeiro semestre de 2018 para PC, com suporte para Windows, Linux e Mac. Futuramente, ele também estará disponível para Playstation 4 e Xbox One.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui